sábado, 18 de julho de 2009

Desejos

Nem sempre a vida corre da forma que desejamos, umas vezes na vertente profissional, outras vezes na vertente pessoal. De facto, nem sempre somos presenteados com os nossos desejos e, não raras vezes, é habitual sentirmo-nos frustrados com isso. Contudo, com o decorrer do tempo muitas vezes acabamos por verificar que aquele desejo tão profundo poderia ter sido tão prejudicial a nós mesmos. Isto acontece em todas as áreas da nossa vida. Será que vale a pena ficar frustrado quando as coisas não correm como queremos?

6 comentários:

Rita disse...

Que grande questão!
Mas é tão dificil controlarmos a frustração que nesse momento parece que a razão está toda do lado dela.

Susana disse...

É uma grande verdade, era tão bom termos a capacidade para ultrapassar essa frustração.....

MARY disse...

já me aconteceram tantas... mas a vida continua e temos de seguir em frente! se não corre como keremos por alguma razão há de ser, se não foi é que não era pra ser e certamente há algo melhor reservado pra nós! Frustração não mata é só arrancar forças seja lá de onde for e bora pra outra!
jinho

Ricardo Veloso disse...

O que eu desejava mesmo era ter mais tempo para ir à Madeira visitar-te. Além de mereceres, iria fazer-me muito bem. Estou certo disso. Tu és a verdadeira amiga:-)

Lady Di disse...

Olá...

Quando as coisas não correm como nós queremos é porque a vida nos reserva outro caminho. E temos duas opções: ou paramos e deprimimos e "morremos" ou lutamos e seguimos em frente, aproveitando o melhor que esse novo caminho nos reserva... Gosto mais da segunda opção...!! :)

Bjitos

Ricardo Veloso disse...

Olá Lady Di
Sem qualquer tipo de dúvida ou reserva, concordo plenamente contigo. Por vezes, a questão é: até que ponto somos capazes de tomar uma decisão que em primeira instância nos faz sofrer, mas que nos levará a um caminho onde poderemos enfim viver?
Beijokas