sábado, 14 de maio de 2011

Vazio

O meu passado é tudo quanto não consegui ser. Nem as sensações de momentos idos me são saudosas: o que se sente exige o momento; passado este, há um virar de página e a história continua, mas não o texto.
Fernando Pessoa
Procuro reduzir a uma só palavra o sentimento que invade o meu ser e a primeira palavra que surge na minha mente é vazio. O passo seguinte é a reflexão sobre este sentimento. Será que este vazio é positivo ou negativo?
Embarco numa viagem ao epicentro deste momento de meditação em que me encontro. Os sentimentos são contraditórios, os caminhos dúbios mas, a motivação e a curiosidade de saber onde estes sentimentos me levam são mais fortes e deixo-me mergulhar.
Procuro uma resposta e, mergulhando em mim mesmo, vou em busca de um sinal, uma luz ou de algo que dê sentido e uma razão lógica para me sentir desta forma. Em rigor, não existe nada que conceda racionalidade a esta ambiguidade.
A dúvida surge com esta palavra: ambiguidade! Porque saiu ela de dentro de mim? Simbolizará ela a incerteza? A dúvida relativamente ao meu futuro? A dificuldade de escolha? Os minutos passam, as horas avançam, memórias do passado afloram há minha mente, situações do passado invadem o meu ser e a confusão aumenta!
Que procuro eu? Que procura em mim este vazio? Qual é o sinal? O que é que eu deveria estar a entender com isto? Existirá algo no meu passado que tenho que largar? Algo no meu presente que deva entender? Será que uma parte de mim tem receio do futuro?
Não! A resposta a todas as questões anteriores é definitivamente não, e, isto, não quer dizer que, em determinados momentos da vida, não me sinta assim. Porém, este sentimento de vazio que hoje sinto é libertador! Sim, é libertador. Há partes de mim, feridas no passado, que hoje chegaram ao fim da sua caminhada e estão recuperadas. Este vazio é só um sentimento de alivio…

16 comentários:

Lígia disse...

... mas esse vazio... fica mesmo preenchido? Nao fica só disfarçado por outros momentos e vivências que vais tendo? Não os notas em momentos mais... "vazios"?

Ricardo Veloso disse...

Lígia,

O meu vazio fica mesmo vazio. Simboliza o fim, o virar a página. O finalizar o texto, sem parar a história, como sugere Fernando Pessoa.

Beijo

Lígia disse...

... nao é facil... mas vou acreditar... :)

Ricardo Veloso disse...

Lígia, :-)

Ricardo Veloso disse...

Lígia, :-)

URBAN.GO disse...

Olá!
Estou de acordo, quanto ao "vazio" ser no fundo libertador.
Nada como uma página em branco, nada como uma tela nova, onde usar a experiencia e o saber do passado.
Abraço, bom domingo.

Ricardo Veloso disse...

Ola Urban,

De facto, parece-me que é a mais sensata abordagem sobre o vazio. Por exemplo, quando estamos vazios podemos-nos começar a encher do que pretendermos:-).

Abraço e bom domingo

Nanda Assis disse...

amei seu blog, te achei super inteligente nas palavras, e linda sua foto!

bjos...

Ricardo Veloso disse...

Olá Nanda,

Muito bem vinda ao meu blog. Espero que continues a gostar e a comentar.

Beijinhos

Anónimo disse...

Nossa, Muito bons teus textos, sabe usar muito bem as palavras, aproveita e da uma passada no meu blog ? > www.adolescenciaperturbadora.blogspot.com valeu ai ^^

Hugo disse...

Gostava de conseguir ver o vazio que sinto assim!O problema é que não consigo pensar mesmo em mais nada além disso! :(

Ricardo Veloso disse...

Hugo,

É tudo uma questão de perspectiva e atitude mental.

Abraço

Arkdoken disse...

Maio de 2011. Última postagem. Porquê? Diante da infinidade de bobagens na rede, às vezes topamos com um pouco de inteligência, brandura, vontade de dividir. Não pára não, companheiro. Continue Pensando.

Ricardo Veloso disse...

Olá Arkdoken,

Nem sempre o tempo me permite fazer as publicações que pretendia, mas brevemente irei fazê-lo.

Abraço

Diana disse...

Olá...!!
Vazio é zero, nada, aquilo que existia deixou de estar lá… Será que alguém consegue ficar mesmo vazio!! Quando tem uma memória; locais, objectos, pessoas, músicas que nos fazem recordar… Ou simplesmente estamos num momento de libertação em que a nossa alma fica em paz com ela própria!! Mas será apenas um momento… Pois continua lá tudo o que vivemos, talvez agora de uma forma diferente, porque reflectimos sobre elas… Mas continua lá…

Bjo*

maria disse...

Simplesmente....vazio é vazio.

Beijo